Visão Geral









O que é Artrite psoriática?







A artrite psoriática é um tipo de artrite que afeta algumas pessoas com psoríase, doença em que partes da pele ficam avermelhadas e com placas branco-escamosas. A psoríase é uma doença em que o sistema imunológico causa uma inflamação na pele, mas, quando o problema se estende para as juntas do corpo, tornando-as inchadas e rígidas, ele é classificado como artrite psoriática.



Na maioria das vezes o diagnóstico da doença de pele surge antes de se perceber a artrite psoriática. No entanto, existem casos em que o problema nas juntas aparece antes.



De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, as estatísticas variam de países e de raça, porém acredita-se que entre 5% e 40% das pessoas que têm psoríase podem ter dor e inflamação das articulações. A artrite psoriática tem a mesma incidência em homens e mulheres.







Cuidados evitam crises de psoríase

Exercícios para amenizar a artrite









Tipos







Existem cinco formas clínicas da artrite psoriática:





Forma oligoarticular: que atinge menos de cinco juntas e ocorre em articulações grandes, como joelhos e tornozelos, mas também pode envolver articulações das mãos e dos pés

Forma poliarticular, em que ocorre em mais de cinco juntas e se assemelha à artrite reumatoide. Pode causar deformidades e envolve mãos, pés, joelhos e tornozelos

Acometimento das articulações distais dos dedos das mãos: que ocorre principalmente nas que estão mais próximas das unhas

Forma mutilante: que prova destruições nas juntas, principalmente nas mãos e pés

Envolvimento preferencial da coluna: uma forma mais rara, que também provoca dores na coluna, causando limitações físicas.









Causas







A artrite psoriática ocorre quando o sistema imunológico ataca as células e tecidos do corpo, causando inflamação nas juntas, além da superprodução de células da pele. Não se sabe ao certo porque o sistema imunológico reage dessa forma, mas tudo indica que fatores genéticos e ambientais estão envolvidos no desenvolvimento da artrite psoriática.



Por exemplo, traumas físicos ou infecções bacterianas podem desencadear a artrite psoriática em pessoas com predisposição herdada ao problema.







Fatores de risco







Alguns fatores de risco elevam as chances de ter artrite psoriática:





Psoríase: a maior parte dos pacientes com esse problema apresenta antes o quadro de psoríase

História familiar do problema: o risco de se ter artrite psoriática quando um irmão já tem o problema é 27 vezes maior do que a população em geral

Idade: a artrite psoriática é muito mais comum em pessoas entre 30 e 50 anos de idade, apesar de pessoas em qualquer faixa etária poderem desenvolver o problema.









Sintomas









Sintomas de Artrite psoriática







Inicialmente é comum o paciente apresentar alguns sintomas como:





Dedos das mãos e pés inchados, com formato semelhante a salsichas

Dor nas articulações

Juntas avermelhadas e quentes

Dor nos pés

Dor nas costas

Sensibilidade nas articulações.





Além disso, alguns sintomas que podem aparecer são:





Fadiga

Rigidez matinal

Anormalidades nas unhas

Músculos e tendões doloridos

Olhos vermelhos e dor nos olhos.

















Diagnóstico e Exames









Buscando ajuda médica







É importante se consultar com um reumatologista se você tiver esses sintomas, principalmente se você já tem psoríase. O diagnóstico precoce ajuda a evitar algumas complicações.







Na consulta médica







Especialistas que podem diagnosticar uma artrite psoriática são:





Clínico geral

Reumatologista

Dermatologista





Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:





Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram

Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.





O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:





Algum parente próximo tem psoríase?

Algum parente direto tem artrite psoriática?

Quais juntas foram afetadas?

Existem atividades ou posições em que seus sintomas melhoram ou pioram?





Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar.







Diagnóstico de Artrite psoriática







O diagnóstico da artrite psoriática é basicamente feito a partir dos sintomas e do exame médico do reumatologista. Nem sempre toda inflamação articular em pacientes com psoríases é necessariamente uma artrite psoriática.



O médico saberá testar as juntas e verificar as condições da pele do paciente para entender o problema. Além disso, durante o exame o médico eliminará a possibilidade de serem outras doenças reumáticas.



Não há um teste que confirme ou não a artrite psoriática. Podem ser feitos alguns exames para verificar o problema:





Fator reumatóide: o exame indica se esse anticorpo está presente no corpo, em geral ele só aparece quando o paciente tem artrite reumatoide e dará negativo no paciente com artrite psoriática

Análise de líquido sinovial: indica a presença ou não de ácido úrico nas juntas e pode ser usada para descartar a possibilidade do problema ser causado por gota

Raio-X: indicam onde está localizada a inflamação nas juntas, o que ajuda o médico no diagnóstico do problema

Ressonância magnética: esse exame mostra detalhadamente como estão as articulações, tendões e ligamentos do corpo, ajudando no diagnóstico.









Tratamento e Cuidados









Tratamento de Artrite psoriática







O tratamento da artrite psoriática varia de acordo com a forma como a doença se manifesta.







Medicamentos

Em geral, a primeira medida é o uso de anti-inflamatórios não-hormonais e drogas remissivas de doença, como o metotrexato, a sulfassalazina, a leflunomida e a ciclosporina).



Em casos mais graves de artrite psoriática, ou quando o paciente não responde ao tratamento inicial, podem ser usados agentes biológicos como infliximabe, o etanercepte, o adalimumabe e o golimumabe. Esse tratamento é capaz de reduzir o dano às juntas causado pela doença.







Cirurgia

Cerca de 7% dos pacientes com artrite psoriática precisam recorrer a cirurgia para correção de alguma das articulações, cerca de 13 anos após o aparecimento do problema.















Convivendo (prognóstico)









Convivendo/ Prognóstico







Algumas medidas podem ser feitas para melhorar o convívio com o problema, enquanto o tratamento segue. Veja quais são elas:







Proteja as juntas

Mudar a forma como você se movimenta e executa tarefas do dia a dia pode melhorar muito as dores.







Faça exercícios

A atividade física faz parte do tratamento e pode ser feita mesmo quando as articulações estão inchadas. Mas, lembre-se, ela deve ser feita com as orientações de um fisioterapeuta ou educador físico especializados. O ideal é que sejam exercícios moderados, como caminhada, natação, ioga... Exercícios de força, como musculação, também tem se mostrado benéficos para os pacientes com artrite psoriática, mas converse com seu médico.







Mantenha um peso saudável

Quanto maior o peso, maior a sobrecarga nas articulações, o que pode aumentar o desconforto causado pela artrite psoriática, melhorando a mobilidade.







Descanse bastante

Tanto o quadro de artrite psoriática quanto alguns dos medicamentos utilizados para o problema podem causar fatiga. Nesses casos, é indicado que o paciente descanse antes que fique muito cansado, dividindo exercícios e trabalho em segmentos mais curtos.







Expectativas







Cerca de um terço das pessoas com artrite psoriática apresentam uma versão mais branda do problema, que se mantem estabilizada com o tratamento. Isso, no entanto, é muito mais possível quando o problema for diagnosticado cedo.







Prevenção









Prevenção







Não é possível prevenir o aparecimento da artrite psoriática, já que ela é causada por fatores genéticos. No entanto, é possível prevenir crises da artrite psoriática fazendo mudanças no estilo de vida, como manter o peso, proteger as juntas, fazer atividade física regular e manter um peso saudável, sempre seguindo o tratamento rigorosamente.